Camino Francés > Tramo 5 > O Cebreiro-Santiago

Esta parte corre pelo interior da Galiza de O Cebreiro até Santiago de Compostela, passando por belas aldeias muito ligadas ao Caminho Francês e com as pessoas locais acostumadas ao passo dos peregrinos. Vamos descer das montanhas para as belas florestas em Triacastela, Sarria, Portomarín, Palas de Rei, Melide e Arzúa antes de atingir o nosso objectivo final, a Catedral de Santiago.

Reserva o teu caminho de Santiago

(* Recorde que a Data de Entrada será a da noite antes de começar a caminhada)

Quartos 1

Duração: 9 dias / 8 noites

  • Dia 1: Chegada a O Cebreiro e alojamento.
  • Dia 2: O Cebreiro - Triacastela. Alojamento em Triacastela.
  • Dia 3: Triacastela - Sarria. Alojamento em Sarria.
  • Dia 4: Sarria - Portomarín. Alojamento em Portomarín.
  • Dia 5: Portomarín - Palas de Rei. Alojamento em Palas de Rei.
  • Dia 6: Palas de Rei - Arzúa. Alojamento em Arzúa.
  • Dia 7: Arzúa - Rúa/Amenal/O Pino. Alojamento em Rúa/Amenal/O Pino.
  • Dia 8: Rúa/Amenal/O Pino - Santiago de Compostela. Alojamento em Santiago de Compostela.
  • Dia 9: Pequeno-almoço e fim de nossos serviços.

O preço inclui:

  • Alojamento e pequeno-almoço todos os dias.
  • Transporte de mochilas, cada uma das etapas do caminho (Máximo 15 quilos por pessoa em um único pacote).
  • Alojamento ao longo do caminho: Hotéis, Turismo rural ou pousadas (de acordo com a disponibilidade nas datas escolhidas).
  • Seguro de viagem.
  • Em caso de o alojamento reservado não ficar na mesma cidade de chegada/partida da etapa, os clientes têm um serviço de transfer ao hotel e do hotel ao começo da etapa do dia seguinte. Este serviço não tem custo adicional.

CONDIÇÕES DE RESERVA:

  • Adiantamento de 100 euros/reserva (não reembolsável) no momento da reserva. O restante seria pago um mês antes da partida.
  • Em cancelamentos de reserva com um mínimo de 15 dias antes da partida, reembolsamos tudo o dinheiro exceto 100 euros/reserva não reembolsáveis do adiantamento.
  • Em cancelamentos com menos de 15 dias, perde-se o total da reserva.

DESCRIÇÃO DAS ETAPAS

Etapa 1: O Cebreiro - Triacastela (21,1 Km)

Deixamos O Cebreiro entre as tradicionais "pallozas" para as aldeias de Liñares, Hospital de la Condesa e Padornelo antes de chegar ao alto do Poio, o ponto mais alto de Camino Francês na Galiza. Depois de uma pausa merecida, começamos a descida da montanha Oribio, cruzando as pequenas aldeias de Fonfría, Ó Biduedo e Filloval com maravilhosas vistas panorâmicas. Os últimos quilômetros levam-nos ao longo de um caminho entre castanheiros e carvalhos antigos chegar até Triacastela, o final desta etapa.

Etapa 2: Triacastela - Sarria (18,3 Km)

Deixamos Triacastela e temos duas opções: ir a Samos pelas margens do Rio Oribio ou atravessar San XiI pela rota original. Tiramos a segunda opção pelas aldeias de floresta autóctone com pessoas locais acostumadas a ver os peregrinos de passagem. Partimos em direção a A Balsa, A Fonte dos Lameiros e San XiI até chegar ao alto de Riocabo, o único lugar complicado da etapa. Depois disso, passamos por Montán, Furela e Pintín, antes de chegar a Calvor e, finalmente, a cidade de Sarria.

Etapa 3: Sarria - Portomarín (22,4 Km)

Sarria é o ponto de partida para muitos peregrinos, já que é a 100 km de Santiago, a distância mínima que tem de caminhar para atingir a Compostela. Esta etapa já não tem muitos altos e baixos e as pequenas aldeias aparecem uma após a outra. Barbadelo com sua Igreja de Santiago, Rente, Mercado da Serra, Leimán, Peruscallo e outras pequenas aldeias dedicadas à agricultura, com a população local acostumada a ver os peregrinos de passagem. Na parte final do etapa descemos até Portomarín, que nos acolhe com a ponte sobre a represa de Belesar, onde a velha cidade de Portomarín tem sido alagada.

Etapa 4: Portomarín - Palas de Rei (25 Km)

Este é a etapa mais pavimentada do Camino Francês na Galiza. Deixar Portomarín ao longo da passarela sobre a barragem e continuamos o caminho que corre paralelo à estrada até Toxibó e Gonzar. Após uma pequena subida, chegamos a Castromaior e, em seguida, Hospital de Cruz e Ventas de Narón. A segunda parte da etapa nos leva através das pequenas aldeias de Ligonde e Eireche antes de subir o Alto del Rosario para terminar este dia em Palas de Rei.

Etapa 5: Palas de Rei - Arzúa (28,8 Km)

Esta etapa é um pouco complicada por causa dos altos e baixos que teremos de enfrentar. Partimos de Palas de Rei ao longo da estrada para chegar ao rio Pambre. Como no resto da região, vamos encontrar muitas pequenas aldeias, uma após a outra. Uma vez na província da Corunha, passaremos pela vila de Leboreiro com o "cabazo" típico. Em Melide aconselha-se fazer uma pausa para experimentar um dos melhores pratos da gastronomia galega, "o Pulpo". De lá, teremos de continuar através de belas florestas até Arzúa, a onde chegaremos deposi de atravessar a ponte medieval sobre o rio Diso.

Etapa 6: Arzúa - Rúa/Amenal/O Pino (19,1 Km)

Santiago já é cada vez mais perto, o que nos faz sentir mais animados para chegar e um pouco tristes ao mesmo tempo. O caminho sai de Arzua atravessando algumas aldeias e fazendas onde é produzido o delicioso queijo local. De Salceda, continuamos nosso caminho perto da estrada nacional de Santa Irene, Rua e Pedrouzo.

Etapa 7: Rúa/Amenal/O Pino - Santiago de Compostela (20 Km)

A última etapa começa a andar ao longo de caminhos dentro de florestas de eucalipto até chegar à Cimadevilla e San Paio. Na aldeia de Lavacolla os peregrinos medievais pararam para lavar-se antes de abraçar o apóstolo. Nos últimos quilômetros, passamos por San Marcos antes de alcançar o Monte do Gozo, de onde já podemos ver a Catedral. Entramos em Santiago de Compostela pelo bairro de San Lázaro. Plaza del Obradoiro é o fim desta viagem que não deixará ninguém indiferente.

MAPA O CEBREIRO-SANTIAGO

PERFIL DO TRAMO O CEBREIRO-SANTIAGO

Perfil dO tramo